terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Tomando tombo e se levantando

Enfim, lá se vai Novembro.

A Mari refez a prova teórica para carteira de motorista na segunda-feira seguinte em que fizemos a primeira vez. Nessa segunda vez ela foi super bem e como já foi mais confiante, tudo ficou mais fácil. Agora estamos recebendo uma ajuda de nossos amigos aqui para praticar com o carro deles e dia 5 de dezembro já faremos a prova prática, assim teremos a carteira final. Espero que não neve muito até lá, para não acumular neve e gelo nas ruas.

Nesse final de semana que se passou aproveitamos para esquiar. Foi nossa primeira vez aqui e a minha primeira na vida. A Mari já tinha esquiado uma vez que morou nos EUA. Sorte dela, por conta disso não levou nenhum tombo, já eu estou todo dolorido.
Logo ao entrar na esteira que leva à parte de cima da colina eu levei um belo tombo. Não sabia como entrar na esteira com os esquis e fiz parecido como se fosse uma escada rolante. Apoiei um pé na esteira e deixei o outro pra trás, quando fui puxar este outro, perdi o equilíbrio e fiz todo mundo ficar esperando até que eu conseguisse me levantar, o que não é simples!

Depois de bastante esforço e finalmente pela primeira vez lá em cima, me senti bastante confiante e comecei a descer. Logo de cara já queria descer fazendo curvinhas, como eu patinei por um bom tempo por algum motivo não muito claro fiz alguns movimentos parecidos com a patinação, só que de forma alguma se aplicam para esquis! Moral, levei outro belo tombo. Pra piorar tudo, a pista não estava muito fofa, estava mais parecida com um picolé liso do que um monte de neve. A queda era dura. Depois disso ainda desci várias outras vezes e tomei vários outros tombos. Cheguei a descer um morro bem mais inclinado do que o primeiro, só que nesse eu senti BEM mais dificuldades e fui praticamente parando, acho que já estava traumatizado com os tombos.

Algumas fotos da minha primeira queda e da primeira descida estão aqui.

7 comentários:

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

O jeito é ir me preparando para alguns tombos doídos no ano que vem.

E a vida segue...

Lú Sant´Anna disse...

ai, ai, queria estar perto pra poder dar boas risadas! bjs

Juba e Dea disse...

rsrsrs. Em janeiro somos eu e Juba! Quero nem ver, mas tbm, não vemos a hora!!

abraços e estamos torcendo pela carteira de motorista!

Marilena disse...

Nem me falem em carteira de motorista. Eu fiz a prova teorica aqui em Ontario e passei. Marquei a prova pratica para final de agosto. 2 (DOIS) dias antes da minha prova eles entraram em greve e a greve se arrasta até agora. Conclusão: ainda nao posso dirigir!!!
Estou ansiosa pela chegada da neve por estes lados para começar os meus tombos também. Boa sorte para vcs.
abraço

disse...

Ah que máximo! Eu como um bom brasileiro típico, nunca nem vi neve, quanto mais esquiar.
=)
Divirtam-se por aí!

Edu & Eli disse...

Puxa vida que bacana a história de vocês! Eu e meu marido estamos planejando a imigração para Toronto o grande problema é que não sabemos por onde começar! Me formo em Enfermagem em 12/2011 e ele já é formado em Redes de Computadores. Estaremos iniciando um curso tecnico em Comunicação em Lingua Inglesa e daí pra frente, só Deus sabe. Será que vocês poderiam nos dar algumas dicas de por onde começar com toda essa papelada?

Parabén pela conquista e boa sorte na nova vida!!! Quem sabenos encontramos algum dia por aí...

Um abraço...até mais...

P.S.: mandem um pouco de frio pra cá...tah quente pra caramba aqui em Santa Catarina...hehehehe

Tiago disse...

Olá Edu & Eli

Creio que o melhor a fazer seria ler a documentação oficial no site http://cic.gc.ca. Do tempo em que fizemos o nosso processo pra cá, sabemos que muita coisa mudou e talvez minha experiência nào seja a melhor fonte de informação quanto ao processo.

Mesmo assim, acho que umas dicas que valem são:
- Estudem e pratiquem o Inglês
- Juntem dinheiro
- Estudem bastante sobre o lugar que querem morar